segunda-feira, 11 de junho de 2012

Convenções, conveniência e conivências!

As convenções partidárias para escolher candidatos a prefeitos, vice-prefeitos e vereadores que concorrerão nas eleições em outubro deste ano começaram ontem (10), segundo o calendário eleitoral divulgado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). As convenções também devem definir se haverá coligações com outras legendas, e podem ocorrer até 30 de junho. Resumindo, agora é a hora da “cobra fumar”!

Enquanto para o povo a eleição é vista como um meio de manifestar sua vontade e escolher alguém que possa defender seus interesses, para alguns políticos a eleição é tida como um mercado. Uma espécie de “jogo de cartas marcadas”, onde já se sabe prontamente quem vai e quem fica...

Enquanto, (muitas vezes iludidamente) o eleitor busca depositar seus desejos de tempo melhores nas urnas, eles (os politiqueiros) estão brigando entre si para nos provar quem passa a imagem de ser o mais apto a realizar “esses desejos”.

Ver como alguns partidos políticos correm entre si pra eleger seus candidatos é o mesmo que observar “mercenários”. Matematicamente, hipoteticamente, numa lógica (sem lógica alguma) seguem Manipulando as pessoas, sobretudo àquelas menos esclarecidas para atender seus próprios desejos. Passam por cima dos sonhos das pessoas, prometem mundos e fundos, na ânsia do “ganhar por ganhar”!

Porém, mais lamentável que isto é assistir que a população está longe de querer mudar este quadro...

Alguns elementos até que tentam levantar uma bandeira aqui e outra ali, mas, na realidade a população antes de participar, ou buscar a participação política deve desejar isto, pois só assim conseguirá reunir um grupo que realmente tenha voz perante os mais fortes.

 Mas, essa vontade de participar vem sendo encoberta pela falta de vontade e pelo comodismo das pessoas com a situação atual.

O povo brasileiro se vê unicamente com vítima, como paciente e não como protagonista da sua própria história, por conseguinte, incapacitando o desenvolvimento de uma visão crítica, de um pensamento aguçado a respeito da política, vale lembrar que sem conseguirmos a participação política cidadã, não é possível implantar metas, planos, ou seja, ainda falta na sociedade o pensamento crítico, ou o sentimento cívico para querer deixar de ser conivente.


4 comentários:

Major paulo disse...

Meu pitaco: aqui, ali e acolá tenho dito que - a política virou uma luta avssaladora pela permanência no poder e perpetuação no cargo, como se fosse um emprego concursado. Dá a impressão de uma formação de quadrilha por trás dessa batalha. Os "padrinhos" são sustentados e querem ver seu "afilhado" no poder a qualquer preço! E não vejo perspectiva de mudança, a não ser de uns poucos esclarecidos que lidam com as redes sociais...mas poucos tem acesso!!! Infelizmente!

Anônimo disse...

PRANDINI já está eleito em Monlevade Eliane vc não ach.acredite se quiserrrrrrrrrrrr.

Eliane Araujo disse...

Infelizmente mesmo!

Eliane Araujo disse...

A eleição só termina quando é contabilizado o último voto... Sendo assim, tudo pode acontecer... Só espero que, quem vença, faça algo de "novo" por Monlevade!

Postar um comentário

Respeite a opinião dos outros leitores. Comentários com "palavrões", que denigrem a imagem das pessoas, ou de cunho religioso não serão aceitos. Todos os comentários postados neste blog são de responsabilidade dos internautas e poderão ser postados em matérias. Ao fazer um comentário, você concorda e aceita as regras acima.