quinta-feira, 25 de abril de 2013

Falar o quê?

Eu prometo, uma ova!

A única palavra que me vem à mente, lamentável! Lamentável a forma como alguns políticos lidam com a forma de governar. Lamentável a formar de governar para os “seus”, para os interesses de uma minoria. Lamentável a forma de utilizar da ignorância, da fragilidade, ou ainda pior, da esperança de um povo! Lamentável a forma de conduzir a administração através de um monólogo! Lamentável a forma de ignorar a capacidade dos indivíduos em resolver as questões de uma forma mais eficiente! Lamentável, dar às costas para os mais necessitados em função de interesses maiores. Lamentável, a forma de respeitar a lei de responsabilidade fiscal, espremendo as classes menos favorecidas.
Infelizmente, a  maioria dos políticos promete muito e pouco faz!  Em períodos de campanha, emporcalham a cidade com material de campanha prometendo ao eleitor um monte de mentiras! Prometem ser a voz da população, mas na verdade, quando ganham, muito destes se tornam a voz de quem os “patrocinam”! São acordos, conchavos, que os impedem de atuarem como se propuseram. E ainda que queiram realizar, são obrigados a acatar “as ordens”, fazendo valer o ditado: “Manda quem pode, obedece quem tem juízo”!
Já passou da hora de nossos representantes assumirem suas obrigações perante aqueles que o elegeram! O povo já está cansado das firulas e rapapés promovidas pelas homenagens a estes ou aqueles ou a isto ou aquilo! O maior reconhecimento vem através do trabalho em prol das demandas populares!  
E, com a aproximação do aniversário de João Monlevade, as felicitações que dirijo à mesma seguem com meu desejo de ver nascer em Monlevade um novo conceito de política, de administração pública! Que o dinheiro público possa ser investido com honestidade e inteligência para a melhoria das condições de vida das pessoas. Que nossos vereadores, tenham coragem para cobrar o cumprimento da legislação em todos os sentidos e que os Monlevadenses sejam parceiros na gestão pública. Pode soar como utopia, mas se cada um fizer o seu papel, poderemos mudar a história de nossa cidade!

2 comentários:

Anônimo disse...

qual era a opção q tínhamos na eleição passada pra votar? foi a pior eleição da nossa história. O ex-prefeito fujão, prandini, aquele cara q tinha reestabelecido a nossa esperança fudeu tanto com a cidade mas tanto q não teve nem candidatos bons pra gente votar. O menos pior era o Teófilo por conta de sua relação de poder com o governo estadual via Mauri. Restou-nos as dondocas dos maridões q são um perigo; gentil bicalho q só sabe falar de futebol; e esse jovem desconhecido, Teófilo.
Monlevade precisa de um líder urgente ou vamos ser engolidos por outras cidades.
E é inevitável, esse suposto "líder" não sai da toca. A Arcelor-Mittal está colocando o futuro desta cidade em risco e ninguém até agora resolveu peitar esse indiano q se acha o dono do mundo. Vão esperar o que, o pior?

Eliane Araujo disse...

Tenho que concordar com você anônimo. Da forma em que as coisas caminham em Monlevade, fica difícil enxergar uma luz no fim do túnel!

Postar um comentário

Respeite a opinião dos outros leitores. Comentários com "palavrões", que denigrem a imagem das pessoas, ou de cunho religioso não serão aceitos. Todos os comentários postados neste blog são de responsabilidade dos internautas e poderão ser postados em matérias. Ao fazer um comentário, você concorda e aceita as regras acima.