terça-feira, 15 de novembro de 2011

O que há por trás daquilo que eu não consigo lidar?!

Nesses últimos meses tenho sentado à mesa com diversas pessoas de diversos segmentos políticos de João Monlevade. E uma coisa que tenho observado em suas falas é a questão da projeção de expectativas. Quase todos atribuem a alguém a culpa de seus fracassos, decepções ou frustrações.

Acontece que não há como se fazer um “raio-X” da essência de ninguém, a única pessoa que talvez conheçamos seja a nós mesmo! Daí uma necessidade de jamais assumirmos uma "paixão à primeira vista" seja com quem for. Não importa se a pessoa é carismática, tem o dom da persuasão, vai bem nisto ou aquilo ou se existe uma afinidade, para se evitar uma decepção, a escolha dos parceiros de caminhada deve ser muito bem resolvida!

Outra coisa que também tenho ouvido muito é a questão do “ser honesto”. Alguns colocam o termo como uma qualidade, porém no meu entender ser honesto é obrigação! A honestidade não é um adjetivo, não é uma virtude, principalmente quando se trabalha para o povo. Sem contar que a honestidade também não se limita á questão material, a essência da honestidade parte de valores como a verdade, a transparência e a lealdade!

2 comentários:

Marcos Martino disse...

Pois é, Eliane. Mas a questão da honestidade acaba sim sendo um diferencial para os políticos ficha limpa. Já que no meio político, a regra tem sido a falcatrua, a corrupção, a quadrilha, quando o sujeito é honesto acaba sendo sim um diferencial. E uma correção. Honestidade seria obrigação se os político fossem "obrigados" por força da lei a terem mesmo condutas ilibadas. Mas no Brasil, por incrível que pareça, tem gente torcendo e brigando para que a lei de ficha limpa não passe.

Eliane Araújo disse...

Na minha opinião, passando ou não, tudo vai continuar na mesma... Porque , tratando-se de leis brasileiras, sempre haverão brechas para os "maus feitores" escaparem das garras da justiça! A única solução que eu vejo é os brasileiros tomarem vergonha na cara e pararem de eleger porcaria!

Postar um comentário

Respeite a opinião dos outros leitores. Comentários com "palavrões", que denigrem a imagem das pessoas, ou de cunho religioso não serão aceitos. Todos os comentários postados neste blog são de responsabilidade dos internautas e poderão ser postados em matérias. Ao fazer um comentário, você concorda e aceita as regras acima.