quinta-feira, 5 de maio de 2011

E aí? como ficou esta história? PEC cria curso de gestão pública para prefeitos

PEC cria curso de gestão pública para prefeitos


Dr. Ubiali: muitos prefeitos assumem o cargo sem noção clara de suas funções.
A Câmara analisa a Proposta de Emenda à Constituição 459/10, do deputado Dr. Ubiali (PSB-SP), que torna obrigatória a criação pelas prefeituras de todo o País de cursos de gestão pública para prefeitos em primeiro mandato. O objetivo dos cursos será apresentar as competências do cargo, as regras de funcionamento das instituições públicas e as normas orçamentárias.
"Muitos prefeitos assumem o cargo sem uma noção clara de suas competências. A frequência a curso de administração pública e orçamentos poderá contribuir para o esclarecimento dos novos chefes do Executivo local", argumenta Dr. Ubiali.
Coordenado por cada município, o treinamento, de acordo com a proposta, terá duração de três meses e deverá ter início em até 15 dias após a posse do prefeito eleito.
Tramitação
A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania analisará a admissibilidade da proposta. Se admitida, será examinada por comissão especial e, posteriormente, votada em dois turnos pelo Plenário.

05/03/2010 08:06
 
Mais de um ano se passou, e a pergunta que faço é a seguinte:O assunto ficou só na proposta?

Um comentário:

Célio Lima disse...

Eliane, que ideia bacana! Mas eu apresentaria uma emenda aí: que a diplomação e posse de prefeitos eleitos só ocorresse DEPOIS da frequência e aprovação em um curso intensivo de Gestão Pública.

Seria uma forma mais inteligente de se preparar antes para não ter que se corrigir depois, com a máquina pública apresentando suas demandas e atropelando a boa vontade dos administradores em aprender o funcionamento da mesma.

Torçamos para que o assunto não morra e possa avançar. O Brasil anda merecendo este carinho!

Postar um comentário

Respeite a opinião dos outros leitores. Comentários com "palavrões", que denigrem a imagem das pessoas, ou de cunho religioso não serão aceitos. Todos os comentários postados neste blog são de responsabilidade dos internautas e poderão ser postados em matérias. Ao fazer um comentário, você concorda e aceita as regras acima.